CARACTERIZAÇÃO GRANULOMÉTRICA E TERMOANALITICA DOS MATERIAIS MAIS FINOS DE RESIDUOS DE CONSTRUÇÃO E DEMOLIÇÃO DA CIDADE DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO/SP

  • Marcelo Kobelnik Centro Universitário do Norte Paulista/UNORP

Resumo

O crescimento urbano das cidades tem gerado uma grande quantidade de resíduos de construção e demolição (RCD), o que tem causado problemas ambientais graves devido à falta de destinação adequada. Neste trabalho, RCD com granulometria fina (> 8 Mesh) provenientes da Usina de Beneficiamento da cidade de São José do Rio Preto, SP, foram analisados. Depois de seco, três amostras com cerca de 2,5 kg, tiveram a determinação granulométrica determinadas, usando peneiras com aberturas Mesh de: 8, 10, 16, 30, 50, 100 e 140. A análise termogravimétrica das amostras foi realizada para as granulometrias obtidas nas peneiras de 50, 100, 140 e também da amostra que passou pela peneira 140. As análises foram realizadas com massa de amostra em torno de 30 mg, com razão de aquecimento de 20 ºC min-1sob gás de purga de ar sintético e com fluxo de 100 mL min-1. Os resultados mostraram que as maiores quantidades retidas foram nas peneiras de 30, 50 e 100 Mesh, com as quantidades de 22, 31 e 19% em massa, respectivamente. Os resultados obtidos nas curvas termogravimétricas mostraram que para cada amostra analisada, houve uma determinada quantidade de água presente, o que mostrou a capacidade de retenção de água nas amostras. Além disso, observando as curvas TG, observou-se que a amostra que passou pela peneira 140 possui uma maior quantidade de calcita.

Biografia do Autor

Marcelo Kobelnik, Centro Universitário do Norte Paulista/UNORP

Marcelo Kobelnik (mkobelnik@gmail.com), Alef Fernando Durante Missão1(alef@gmail.com), Daiane Fernanda Soares Buzini1(daiane_buzini@hotmail.com), Marisa Spirandeli Crespi2(crespims@gmail.com), Clóvis Augusto Ribeiro2(clovis.augusto.ribeiro@gmail.com)

1 Centro Universitário do Norte Paulista/UNORP, São José do Rio Preto, SP, Brasil.

2 Universidade Estadual Paulista/UNESP, Química Analítica, Araraquara/SP/Brasil.

Publicado
2019-06-14