AVALIAÇÃO QUALI-QUANTITATIVA DE RESÍDUOS SÓLIDOS EM DUAS PRAIAS DO CEARÁ

  • Jordana Sampaio Leite Instituto Federal do Ceará

Resumo

A elevada ocorrência das ações antrópicas edinâmicastornam as regiões costeiras ambientes vulneráveis a acumulação de resíduos sólidos, causando diversos impactos negativos. Diante desta problemática, o objetivo desse trabalho foi estabelecer uma comparação entre a ocorrência de resíduos sólidos em uma praia urbanizada em relação a uma praia com menor índice de exploração ao realizar a identificação qualitativa e quantitativa dos resíduos (>2,5 cm) presentes em cada local. Foram realizadas duas coletas em cada praia com amostragens em maré baixa entre 8h e 9h da manhã. Os resíduos foram recolhidos aleatoriamente em quatro transectos selecionados em cada área de amostragem. Na praia do Porto das Dunas foram coletados 297 resíduos e na praia do Japão foram amostrados 324 resíduos. Os resíduos foram classificados em sete categorias. A categoria com o maior número de itens (574), nas duas praias, foi a de plástico representando 92,4% dos resíduos. Na praia do Porto das Dunas a densidade de resíduos foi de 0,07 (resíduos/m²) menor quando comparada à praia do Japão (0,08 resíduos/m²). A avaliação quantitativa e qualitativa de resíduos sólidos indicou um impacto mais elevado de poluição por resíduos sólidos na praia com menor índice de exploração, praia do Japão, sendo necessário estabelecer novas ações de gestão e manejo ambiental.

Biografia do Autor

Jordana Sampaio Leite, Instituto Federal do Ceará

Jordana Sampaio Leite1(jordanasleite@gmail.com), Clara Cabral Almeida2(claracabralalmeida@hotmail.com), Larissa Plutarco Freitas2(larissa_plutarco@hotmail.com), Cyntia Rafaela Ferreira de Moraes2(cyntia_orion@yahoo.com.br), IvoStuardo OrellanaSalazar 2(ivoorellana@gmail.com), Adahil Pereira de Sena1(adahilsena@gmail.com)

1 Instituto Federal do Ceará

2 Universidade Federal do Ceará

Publicado
2019-06-14