A GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS DO MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA – PB, UMA ABORDAGEM SOBRE AS ROTAS TECNOLÓGICAS

  • Cristine Helena Limeira Pimentel Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba

Resumo

Antes de iniciar qualquer planejamento de percursos de coleta ou tratamento ambientalmente adequado de resíduos sólidos é importante conhecer a realidade local. A objetivo desta pesquisa tem é analisar as rotas tecnológicas de tratamento e disposição final dos resíduos sólidos urbanos – RSU – (domiciliares, comerciais e públicos) no município de João Pessoa/Paraíba - Brasil. O estudo foi desenvolvido a partir de um aprofundamento acerca da gestão dos RSU do município, do levantamento da massa coletada de resíduos, da quantificação gravimétrica dos mesmos e da estruturação da rota tecnológica existente. Por meio da metodologia empregada, que consistiu de levantamentos bibliográficos e documentais do órgão que gerencia os resíduos em João Pessoa, a Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (EMLUR), entrevistas e análise sistemática do fluxo dos resíduos, pôde-se verificar que o município possui uma rota tecnológica que não envolve nenhum tipo de tratamento e outra que possui unidades de triagem através da coleta seletiva, que não está disponibilizada em todo município, o percentual populacional corresponde a 20,12% da população do município e em se tratando de área 20,56% do município é coberto pela coleta seletiva.

Biografia do Autor

Cristine Helena Limeira Pimentel, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba

 Autores:

Cristine Helena Limeira Pimentel1(cristinehelena@hotmail.com), Claudia Coutinho Nóbrega2(claudiacn@uol.com.br), Ubiratan Henrique Oliveira Pimentel2(ubiratan.hop@gmail.com), José Fernando Thomé Jucá3(jucah.ufpe.br), Wanessa Alves Martins (4)

1 Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba

2 Universidade Federal da Paraíba

3 Universidade Federal de Pernambuco

4 Universidade Federal de Campina Grande

Publicado
2019-06-14