GERAÇÃO DE RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL EM JOÃO PESSOA: ESTUDO COMPARATIVO DO FLUXO DE ENTRADA NA USIBEN ENTRE OS PERÍODOS 2009/2010 E 2015/2018

  • Ubiratan Henrique Oliveira Pimentel UFPB:  Universidade Federal  da Paraíba

Resumo

Os resíduos provenientes da indústria da construção civil têm crescido visivelmente, em todo o mundo, não sendo diferente na cidade de João Pessoa, capital do estado da Paraíba. Tal fato constitui uma grave problemática ao setor da construção civil, aos órgãos fiscalizadores, à população e ao meio ambiente. Ocorre que, os resíduos poderiam ser reutilizados ou reciclados nos próprios canteiros de obras das construções onde são gerados, e o seu correto gerenciamento minimizaria a sua saída, contribuindo para a redução da degradação do meio ambiente e, consequentemente, reduzindo o consumo de matérias primas naturais, muitas delas insubstituíveis. Neste trabalho, apresenta-se os resultados comparativos de uma investigação sobre a geração dos Resíduos da Construção Civil (RCC) da classe A originados na cidade de em João Pessoa, entre os períodos de 2009/2010 e 2015/2018, analisando-se o percentual de crescimento na entrega dos mesmos na Usina de Beneficiamento dos resíduos da construção e demolição de João Pessoa (USIBEN).

Biografia do Autor

Ubiratan Henrique Oliveira Pimentel , UFPB:  Universidade Federal  da Paraíba

 Autores:

PIMENTEL, Ubiratan Henrique Oliveira1   (ubiratan_hop@ct.ufpb.br),

Athayde Jr, Gilson Barbosa1(gilson@ct.ufpb.br),  

PIMENTEL, Cristine Helena Limeira2 (cristine.pimentel@ifpb.edu.br)

FREIRE, Samyr Sampaio3   (samyrsf@hotmail.com )

 

1 UFPB:  Universidade Federal  da Paraíba, CT: Centro de Tecnologia: DECA:  Departamento de Engenharia Civil e Ambiental

2 IFPB: Instituto  Federal de  Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba.

3 EMLUR,  Empresa Municipal  de  Limpeza Urbana

Publicado
2019-06-14