ABORDAGEM DA DISPOSIÇÃO FINAL DOS RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS EM UMUARAMA – PR

  • Laudiceia Caparros Soares Instituto Federal do Paraná

Resumo

A revolução industrial e o concomitante crescimento da população urbana promoveram um aumento da geração de resíduos sólidos. Esse fato está intimamente ligado ao desenvolvimento humano e ao crescimento dos centros urbanos. Nesse contexto, objetivo deste estudo foi diagnosticar a quantidade de resíduos sólidos urbanos e recicláveis gerados em Umuarama-PR e compreender a gestão desses resíduos e a abordagem da educação ambiental, tendo como parâmetros os seguintes instrumentos de gestão: Lei Orgânica, Plano Diretor, Código de Posturas, Plano Municipal de Saneamento Básico e Código de Limpeza Urbana. A partir de observações obtidas junto à Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente, Prefeitura Municipal de Umuarama-PR, e os instrumentos de gestão: Lei Orgânica, Plano Diretor Municipal, Plano Municipal de Saneamento Básico, realizou-se um diagnóstico da gestão dos resíduos sólidos urbanos. Os resultados mostram a atual situação dessa gestão no município. Observou-se que a geração média diária de resíduos sólidos domiciliares orgânicos é de aproximadamente 80 toneladas, ou seja, um índice per capita de 0,723 kg/hab/dia. Os resíduos provenientes da coleta seletiva apresentam geração média diária de aproximadamente 6,6 toneladas, ou seja, um índice per capita de 0,06 kg/hab/dia. Além disso, os instrumentos avaliados não especificam as ações de Educação Ambiental oferecidas à população.

Biografia do Autor

Laudiceia Caparros Soares, Instituto Federal do Paraná

Autores: 

Laudiceia Caparros Soares1 (laudiceiacaparros@gmail.com),

Joyce Ronquim1 (joyce.ronquim@ifpr.edu.br),

Norma Barbado1 (norma.barbado@ifpr.edu.br),

Patrícia Pereira Gomes1 (patricia.gomes@ifpr.edu.br)

1 Instituto Federal do Paraná Campus Umuarama

Publicado
2019-06-14