Produção de biofertilizante e compostagem a partir de resíduos sóli-dos orgânicos de restaurante: um estudo de caso

  • Gabriela Brito de Souza Universidade do Estado do Pará - UEP

Resumo

O biofertilizante é o efluente líquido derivado da fermentação da matéria orgânica, e é rico em vitaminas, enzimas, antibióticos que nutrem o solo, protege e oferece resistência às plantas contra os ataques de agentes predadores externos. Dessa maneira, o objetivo foi analisar o processo de compostagem doméstica, por intermédio da influência dos parâmetros ambientais e químicos (umidade relativa, temperatura, precipitação e pH) obtido através da decomposição de matéria orgânica, animal e vegetal, proveniente de restaurantes. A coleta dos resíduos alimentares ocorreu nos dias 08 e 22 do mês de março de 2019, período chuvoso, em um restaurante localizado no município de Paragominas — PA. O método empregado na pesquisa foi o indutivo com natureza quantitativa e qualitativa com procedimento experimental. Os dados obtidos foram tratados estatisticamente com a aplicação da Correlação de Pearson. A análise desses dados indicou que há produção de biofertilizante e adubo orgânico por maturação dos compostos orgânicos; o pH mostrou-se ácido a levemente ácido (4,0 a 5,0), logo, aplicável como líquido irrigante e de fertilidade boa. Portanto, é de suma importância realizar a reciclagem de restos alimentares orgânicos como solução alternativa para o acúmulo e descarte incorreto destes, no ambiente.  

Biografia do Autor

Gabriela Brito de Souza, Universidade do Estado do Pará - UEP

 Autores:

Gabriela Brito de Souza1 (gabrielasouza.br99@gmail.com),

Lavínia Lima Pereira1 (lavinialimaprr@gmail.com),

Larissa Lopes Barroso1 (larissabarroso.amb18@gmail.com),

Vito de Jesus Lameira Neto1(www.vitto@gmail.com),

Antônio Pereira Junior1 (antonio.junior@uepa.br)

 

1Universidade do Estado do Pará - UEPA

Publicado
2019-06-14