MICROBIOLOGIA E PARÂMETROS MINERALÓGICOS DE CAMADAS DE COBERTURA OXIDATIVAS COM USO DE COMPOSTO ORGÂNICO

  • Alice Jadneiza Guilherme de Albuquerque Almeida UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

Resumo

Os aterros sanitários e lixões a céu aberto são responsáveis por um teor considerável de gases tóxicos emitidos na atmosfera. Dentre os gases mais preocupantes emitidos nesses locais e altamente associados ao efeito estufa, estão o gás carbônico e o metano, sendo o último cerca de 28 vezes mais nocivo nesse aspecto. Assim, um mecanismo promissor é, atualmente, a oxidação do gás metano através de camadas de cobertura alternativas com adição de material compostado, uma vez que isso possibilita que parte do metano que seria emitido para a atmosfera seja convertido em água, CO2 e biomassa pelo potencial microbiológico do composto orgânico. Dessa forma, este trabalho busca implementar camadas de cobertura com misturas de solo e material compostado para atender aos critérios de emissões de metano na atmosfera e viabilizar o emprego de material compostado. Para isso, foram analisados a composição química, difração de raios X (DRX), microscopia óptica e microbiologia dos materiais para verificar o desempenho de camadas de cobertura de solos misturados com composto orgânico em proporções volumétricas de 1:1 e 2:1 perante o fluxo de gases.

Biografia do Autor

Alice Jadneiza Guilherme de Albuquerque Almeida, UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

Alice Jadneiza Guilherme de Albuquerque Almeida1 (aliceguilherme@hotmail.com), Bruna Silveira Lira1 (brunaslira@gmail.com), Guilherme José Correia Gomes1 (guilhermejcgomes@hotmail.com), José Fernando Thomé Jucá1 (jftjucah@icloud.com), Maria Odete Holanda Mariano1 (odete.mariano@gmail.com)
1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO -UFPE

Publicado
2019-06-14