ESTUDO SOBRE A ECOEFICIÊNCIA ACÚSTICA DE MATERIAIS ALTERNATIVOS EM HABITAÇÕES SOCIAIS

  • Willyanne Ferreira Rocha Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará.

Resumo

Diante do problema relacionado ao destino final dos resíduos e à busca de métodos para diminuir seu impacto no meio ambiente, a reutilização de resíduos em materiais alternativos é apresentada como diretriz para alcançar o desenvolvimento sustentável. No entanto, ainda há algumas discussões sobre a qualidade deste material pela indústria da construção. Portanto, este trabalho tem como objetivo analisar o desempenho acústico pela determinação do nível de pressão sonora de acordo com a ABNT NBR 10151: 1999 e 10152: 2017 de uma sala em uma habitação social apresentando material alternativo como forro. Os resultados mostraram valores entre 38-41 dB (A), de acordo com os estipulados na NBR, demonstrando assim a possibilidade de utilização de materiais alternativos como substitutos de materiais convencionais em edificações, perseguindo uma perspectiva ecológica para o desenvolvimento sustentável e proporcionando desempenho acústico em conformidade com as leis relacionadas à habitação.

Biografia do Autor

Willyanne Ferreira Rocha, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará.

 Autores

Willyanne Ferreira Rocha1 (uille.2@gmail.com),

Adeildo Cabral da Silva1 (cabral@ifce.edu.br),

Davi Teixeira Pinheiro1 (davi@ifce.edu.br),

Perboyre Barbosa Alcântara1 (perboyre.ifce@gmail.com)

1 Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará.

 

Publicado
2019-06-14