GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS NUMA INSTITUIÇÃO PÚBLICA DE ENSINO

  • Thainá F. Alves Instituto federal do Paraná – Campus Paranaguá

Resumo

As instituições de ensino superior são grandes geradoras de resíduos sólidos decorrentes das inúmeras atividades realizadas diariamente em seus campi. O descarte de resíduos como papel, plástico e alumínio, apresentam maior proporção de geração dentro das instituições, materiais estes que têm potencial de reciclagem. Com o aumento na geração de resíduos, a implantação de modelos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (GRS) nas instituições de ensino vem se tornando importante e necessária do ponto de vista ambiental. Nesse sentido o objetivo geral desse trabalho foi avaliar a gestão de resíduos sólidos no IFPR - Paranaguá, por meio da aplicação de questionários e levantamento de dados em campo. Uma entrevista foi realizada com a chefe da limpeza, um questionário foi aplicado aos alunos e servidores e a reorganização das lixeiras existentes na instituição foi realizada afim de observar se tais ações influenciaram numa melhor segregação dos resíduos sólidos, por parte de todos os geradores de resíduos, no caso alunos e servidores. Observou-se que a gestão dos resíduos sólidos no IFPR Paranaguá possui duas grandes deficiências que são o descarte inadequado dos resíduos e a destinação final incorreta dada a eles que fazem com que essa gestão não ocorra de maneira eficaz, porém, estas podem ser facilmente corrigidas se houver engajamento por parte dos alunos e servidores. Com o projeto foram coletadas 324 pilhas que estavam guardadas em residências de servidores ou alunos.

Biografia do Autor

Thainá F. Alves, Instituto federal do Paraná – Campus Paranaguá

Autores

Thainá F. Alves 1 (thainafontes60@gmail.com),

Joana R. Zablonsky1 (joana.zablonsky@ifpr.edu.br),

Emanuelle S. Ferreira1 (emanuellesamardan72@gmail.com )

 

1 Instituto federal do Paraná – Campus Paranaguá

Publicado
2019-06-14