UTILIZAÇÃO DO SISTEMA PÚBLICO DE ESCRITURAÇÃO DIGITAL NA IMPLEMENTAÇÃO DA LOGÍSTICA REVERSA DE RESÍDUOS ELETROELETRÔNICOS

  • Rosineide Aparecida Barbosa Pereira Universidade Federal de Goiás

Resumo

A logística reversa constitui um dos instrumentos da Política Nacional de Resíduos Sólidos e, dentre os resíduos sólidos com retorno obrigatório ao fabricante, destacam-se os resíduos de equipamentos eletroeletrônicos (REEE). Um dos desafios para a implementação desse fluxo reverso é a falta de informações referentes ao quantitativo e à localização dos resíduos provenientes de equipamentos eletroeletrônicos. Assim, o presente trabalho teve por objetivo avaliar a utilização do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) como ferramenta facilitadora na implantação dessa logística reversa. Para o desenvolvimento do trabalho foi realizado um levantamento bibliográfico sobre os principais problemas relacionados à logística reversa dos REEE por meio de consulta a trabalhos técnicos relacionados e sites de organizações envolvidas no assunto. Foram pesquisadas, também, as ferramentas necessárias para a logística direta e avaliada a possibilidade de utilização das mesmas também na logística reversa. Com base nos levantamentos realizados e considerando que os produtos se tornarão REEE, sugere-se a utilização do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED), uma ferramenta já desenvolvida e implantada no setor público, para estimar o volume e a movimentação dos produtos eletroeletrônicos nos municípios. Conclui-se que a utilização de ferramentas de gestão de informação pode contribuir para a estruturação de acordos setoriais e implantação da logística reversa estratégica, atendendo o determinado pela PNRS.

Biografia do Autor

Rosineide Aparecida Barbosa Pereira, Universidade Federal de Goiás

Autores

Rosineide Aparecida Barbosa Pereira1 (neideabp@gmail.com),

Simone Costa Pfeiffer1(scpfeiffer_04@yahoo.com.br),

Eraldo Henriques de Carvalhor1 (carvalhoufg@gmail.com)

1 Universidade Federal de Goiás

Publicado
2019-06-14