GERAÇÃO DE RESÍDUOS QUÍMICOS, SAÚDE, SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE EM LABORATÓRIOS DA UFRN

  • Renata Montoril de Souza Araújo Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Resumo

A qualidade dos laboratórios de ensino e pesquisa de uma instituição de ensino superior tem reflexo direto sobre a qualidade acadêmica oferecida, trazendo benefícios significativos ao ensino e à pesquisa; pois, além de contribuir para uma formação de qualidade do corpo discente e oferecer aos docentes aos técnicos e aos pesquisadores um ambiente propício ao desenvolvimento de suas pesquisas e ações, favorece, também, a sociedade enquanto principal beneficiária da qualidade acadêmica. A Diretoria de Meio Ambiente da Superintendência de Infraestrutura da Universidade Federal do Rio Grande do Norte iniciou, em 2018, um diagnóstico para identificar e cadastrar os laboratórios da instituição que geram resíduos perigosos, contemplando, além da caracterização dos produtos utilizados e dos resíduos químicos gerados, tópicos relacionados à saúde, segurança e meio ambiente, a fim de elaborar implantar o gerenciamento de resíduos dos laboratórios da UFRN. Este artigo apresenta os resultados do diagnóstico realizado em 22 laboratórios do Departamento de Engenharia Química, através da aplicação de questionários, entrevistas e observações in loco. Após a análise dos resultados foram identificados sérios problemas relacionados ao manejo dos resíduos químicos gerados, como o acondicionamento em recipientes inadequados, o descarte em locais inapropriados e, principalmente, falhas em relação à segurança dos usuários. Apesar do seu caráter preliminar, esta investigação já serve para alertar sobre os problemas advindos da ausência de planos de gerenciamento de resíduos nos laboratórios. Um dos itens prioritários para manter a qualidade dos laboratórios, além da infraestrutura e equipamentos, é um eficiente gerenciamento dos resíduos gerados.

Biografia do Autor

Renata Montoril de Souza Araújo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Autores

Renata Montoril de Souza Araújo1 (renata_montoril@hotmail.com),

Marjorie da Fonseca e Silva Medeiros1(marjoriefsm@gmail.com).

1 Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Publicado
2019-06-14