AVALIAÇÃO DA TÉCNICA DE COMPOSTAGEM NOS RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS DO MUNICÍPIO DE LAJEADO COM ÊNFASE NA QUALIDADE DO COMPOSTO GERADO

  • Vanessa Mallmann Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC

Resumo

O aterro sanitário segue sendo o destino final mais adotado no Brasil quando se trata de resíduos sólidos urbanos (RSU). No entanto, a escassez de áreas disponíveis para construção de novos aterros e os inúmeros impactos ambientais negativos decorrentes da prática, tais como emissões atmosféricas e contaminação do solo, tornam relevante a adoção de alternativas de destinação final ambientalmente adequadas. Verifica-se a necessidade de tratar cada tipologia de resíduo de maneira diferente, de acordo com suas características. Com a adoção do processo de compostagem como método de tratamento da fração orgânica, pode-se proporcionar um aumento no tempo de vida útil dos aterros sanitários, e o composto produzido pode ser utilizado para fins agrícolas. Nesse sentido, o objetivo geral deste estudo foi analisar a aplicabilidade da técnica de compostagem como tratamento da fração orgânica dos RSU do município de Lajeado/RS. A metodologia empregada consistiu na construção de uma leira de compostagem em escala piloto, monitoramento in loco do processo por um período de quatro meses e realização de análises laboratoriais do composto produzido. O composto orgânico resultante apresentou características compatíveis com adubos Classe D, além de metais pesados em níveis inferiores aos limites estabelecidos pelas legislações pertinentes, o que possibilitaria sua utilização como fertilizante. Ainda, observou-se uma redução de 45% do volume de material utilizado no processo de compostagem.

Biografia do Autor

Vanessa Mallmann, Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC

 Autores

Vanessa Mallmann¹² (eng.vanessamallmann@gmail.com),

Marcelo Luís Kronbauer¹ (marcelolkronbauer@gmail.com),

Gabriela Roehrs² (gabriela.roehrs@gmail.com),

Tiago Schena² (schena.tiago@gmail.com)

1 Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC

2 Secretaria de Meio Ambiente de Lajeado

Publicado
2019-06-14