AVALIAÇÃO AMBIENTAL DA ESTABILIZAÇÃO POR SOLIDIFICAÇÃO DE BTEX ORIUNDO DE RESÍDUO DE ADSORVENTE COMPOSTO POR CINZA DE CASCA DE ARROZ E CARVÃO ATIVADO EM ARGAMASSA

  • Joice Brochier Schneider Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar ambientalmente a estabilização por solidificação (e/s) dos contaminantes: benzeno, tolueno, etilbenzeno e xileno (BTEX) presentes em resíduo de adsorvente composto de cinza de casca de arroz (CCA) e carvão ativado (CA), em matriz de cimento Portland. Foram confeccionadas argamassas substituindo-se o agregado natural, em volume, pelo resíduo, nos teores de 10% e 30%. Essas argamassas foram caracterizadas ambientalmente pelas normas brasileiras, bem como também se realizou espectroscopia de infravermelho e análise dos extratos de lixiviado e solubilizado frente a estes contaminantes. As argamassas confeccionadas foram classificadas como resíduo Classe IIA, resíduo não perigoso, não inerte. Estes resultados, associados à espectroscopia de infravermelho e ao odor característico dos corpos-de-prova confirmam a estabilização do contaminante na matriz de cimento Portland. Desta forma, o trabalho indica o potencial de aplicação do resíduo CCA/CA contaminado com hidrocarbonetos de petróleo em produtos da construção civil.

Biografia do Autor

Joice Brochier Schneider, Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS

Joice Brochier Schneider1 (joice.ambiental@gmail.com), Feliciane Andrade Brehm2 (felicianeb@unisinos.br), Carlos Alberto Mendes Moraes3 (cmoraes@unisinos.br)

1 – Bolsista CNPq/DAI na Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS.

2 e 3 – PPGEC Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS