ANÁLISE DA LOGÍSTICA REVERSA DE CARTUCHOS DE TONERS EM ÓRGÃOS FEDERAIS SEDIADOS EM PORTO VELHO - RO

  • Solange Mendes Garcia PPGEC - UNISINOS

Resumo

O presente estudo tem por objetivo analisar a logística reversa de cartuchos de toners na Justiça Federal, no Ministério Público do Trabalho e no Tribunal Regional Eleitoral, sediados em Porto Velho-RO, verificando o cumprimento da legislação no setor. A metodologia utilizada caracteriza-se pelo método indutivo, com pesquisa bibliográfica e documental, seguida de coleta de dados primários por meio de entrevista com servidores dos órgãos, com abordagem qualitativa. Diante do estudo concluiu-se que os órgãos vêm realizando a logística reversa de seus cartuchos de toners conforme estabelece a legislação através da contratação de empresa especializada. Existe preocupação das administrações dos órgãos públicos com a questão, verificada principalmente com a criação da ECOLIGA, contudo, alguns órgãos ainda pouco atuantes e com dificuldades em cumprir suas responsabilidades de acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, o que dificulta o processo da logística reversa nos órgãos públicos como um todo. Assim, para o alcance pleno dos objetivos da legislação, seria necessário envolvimento ainda maior dos órgãos e também de um número maior de servidores no processo, para que estes estejam e sejam cada vez mais conscientes quanto ao uso dos recursos.

Biografia do Autor

Solange Mendes Garcia, PPGEC - UNISINOS

Solange Mendes Garcia1 (solmgarcia@hotmail.com), Maria Aparecida Lopes Urgal2 (maria.urgal@saolucas.edu.br), Luis Alcides Schiavo Miranda3 (lalcides@unisinos.br), Luciana Paulo Gomes3 (lugomes@unisinos.br)

¹Doutoranda do PPGEC - UNISINOS

2Doutoranda do PPGEC - UNISINOS e Docente Centro Universitário São Lucas

3Docente PPGEC – UNISINOS