CARACTERIZAÇÃO FÍSICA DE RESÍDUOS SÓLIDOS GERADOS NO SISTEMA DE TRENS URBANOS DE JOÃO PESSOA

  • Samara Teixeira Pereira Universidade Federal da Paraíba

Resumo

A caracterização é uma etapa importante da gestão dos resíduos sólidos em estações de transporte público urbano. Neste sentido, este trabalho objetivou a caracterização dos resíduos sólidos gerados no Sistema de Trens Urbanos da região metropolitana de João Pessoa (STU-JOP). Foram realizadas visitas in loco nas estações e na oficina do e a composição gravimétrica foi realizada para os resíduos das estações, subdivididas em zonas. A Zona Sul obteve a menor geração de resíduos, com 55,25 kg, seguida pela Zona Norte, que gerou 81,55 kg, e a estação de João Pessoa com 148,24 kg. O resíduo gerado nas estações é composto basicamente por resíduo orgânico (47%), plástico (24%) e papel (21%). A geração per capita diária foi estimada em 0,0075 kg e grande parte dos resíduos ser reciclados e incluídos na coleta seletiva já realizada pela STU-JOP, entretanto parte dos resíduos pode não ter valor econômico nas cooperativas.

Biografia do Autor

Samara Teixeira Pereira , Universidade Federal da Paraíba

Samara Teixeira Pereira (samaraeng.amb@gmail.com), Camila de Almeida Porto (camila.aporto@gmail.com), Elisângela Maria Rodrigues Rocha (elis_eng@yahoo.com.br)

Universidade Federal da Paraíba