ESTUDO DE CASO: FUNDAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE UMA REDE DE COMERCIALIZAÇÃO DE COOPERATIVAS

  • Yuri Ongaro Grupo de Aplicação Interdisciplinar à Aprendizagem

Resumo

Com o objetivo de disseminar boas práticas na gestão de resíduos sólidos em países em desenvolvimento, este artigo retrata a experiência na fundação, formação e formalização da RECISP (Rede de Comercialização do Interior de São Paulo), uma rede de cooperativas de diferentes municípios do estado de São Paulo. Serão analisados, através do estudo de caso, os aspectos principais que têm facilitado o desenvolvimento da RECISP como uma solução para não apenas a gestão de resíduos sólidos em diferentes municípios com uma estratégia territorial, como também uma importante ferramenta para inclusão socioprodutiva de pessoas no Brasil. Através da metodologia do Programa ViraSer, do Grupo GAIA, a RECISP foi criada e formada na articulação entre cooperativas, poderes públicos e compradores de materiais recicláveis; foram conduzidas oficinas formativas; foi implementada uma gestão rigorosa das comercializações e realizado investimento privado no suporte a estas ações.

Biografia do Autor

Yuri Ongaro, Grupo de Aplicação Interdisciplinar à Aprendizagem

Yuri Ongaro1 (yuri.ongaro@gaiasocial.org.br)

Maira de Souza Pereira2 (maira.pereira@gaiasocial.org.br)
Juliana Navea3 (juliana@gaiasocial.org.br)

Geraldo José Virginio4 (geraldo@gaiasocial.org.br)

1, 2, 3,4 Grupo de Aplicação Interdisciplinar à Aprendizagem