O CENÁRIO DO ENSINO DE RESÍDUOS SÓLIDOS EM CURSOS DE ENGENHARIA CIVIL NA REGIÃO SUL DO BRASIL

  • Evilin Bueno Lemiska Faculdade Educacional Araucária

Resumo

Com a grande participação da indústria da construção civil na nossa sociedade e o aumento da preocupação no âmbito da sustentabilidade, a demanda por profissionais de engenharia civil com habilidades específicas tem crescido. Com base nisso o ensino de disciplinas focadas na gestão ambiental nos cursos de engenharia civil nas Instituições de Ensino Superior (IES) se torna fundamental na formação do futuro profissional. Inserida no tema da gestão ambiental, a abordagem dos resíduos sólidos urbanos (RSU) e dos resíduos de construção e demolição (RCD) é de extrema importância para os alunos e está ganhando cada vez mais espaço nas ementas dos cursos de Engenharia Civil. Desta maneira, este trabalho apresenta um estudo do cenário do ensino de resíduos sólidos em cursos de engenharia civil nos estados da região Sul do Brasil, com ênfase em RSU e RCD. Avaliaram-se instituições estaduais, federais, estaduais e privadas. Foi possível mensurar o porcentual de horas em que se abordam os temas relacionados aos resíduos sólidos urbanos e aos resíduos da construção civil em relação a carga horária total dos cursos. Os resultados mostraram que na média 1,98% da carga horária é destinada para disciplinas que abordem o tema de estudo deste artigo. O estado do Paraná apresentou o maior índice com 3,49%.

Biografia do Autor

Evilin Bueno Lemiska, Faculdade Educacional Araucária

Evilin Bueno Lemiska1 (evilinbuenolemiska@hotmail.com), Guilherme Henrique Galdino¹(guilherme.galdino94@gmail.com), Gustavo Henrique Affanio¹(gustavoheriqueaffanio@outlook.com), Luna Ollin Steffen¹ (luna_steffen@hotmail.com)

1 Faculdade Educacional Araucária