TEORIA DA MUDANÇA APLICADA AO PROGRAMA VIRASER DE LOGÍSTICA REVERSA DE EMBALAGENS PÓS-CONSUMO

  • Geraldo José Virginio Grupo de Aplicação Interdisciplinar à Aprendizagem

Resumo

Teorias de Mudança são ferramentas que auxiliam o processo de planejamento e avaliação de programas, associando os resultados de longo prazo aos caminhos para alcançá-los, aos resultados intermediários e às premissas que interferem na mudança que se deseja obter.

O ViraSer é um Programa de Logística Reversa de embalagens pós-consumo, que visa promover a implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010) com foco na cadeia produtiva da reciclagem, e que em 2018 completou quatro anos de execução, tendo atuado diretamente com 26 cooperativas de catadores de material reciclável e em 15 municípios dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Pará, beneficiando em média 323 trabalhadores por ano, e recuperando ao ciclo produtivo um total de 23.398 toneladas de material reciclável.

Este artigo apresenta a Teoria da Mudança do Programa ViraSer, destacando: (1) Visão de longo prazo e impactos pretendidos; (2) Resultados de longo prazo e intermediários; (3) Principais fatores que interferem na mudança pretendida.

Biografia do Autor

Geraldo José Virginio, Grupo de Aplicação Interdisciplinar à Aprendizagem

Geraldo José Virginio1 (geraldo@gaiasocial.org.br)
Maira de Souza Pereira2 (maira.pereira@gaiasocial.org.br)
Juliana Navea3 (juliana@gaiasocial.org.br)

Yuri Ongaro4 (yuri.ongaro@gaiasocial.org.br)

1, 2, 3,4 Grupo de Aplicação Interdisciplinar à Aprendizagem