MAPEAMENTO DO DESCARTE IRREGULAR DO CAROÇO DO AÇAÍ NO BAIRRO DO JURUNAS DO MUNICÍPIO DE BELÉM/PA

  • Andrei Gonçalves Negrão Faculdade FaciWyden

Resumo

O consumo diário do açaí faz parte da rotina da alimentação do paraense. A partir desse cenário, é possível identificar a existência de batedores do fruto em diversos pontos no município de Belém. Entretanto, esse hábito da cultura local desencadeia impactos no meio ambiente e na saúde pública. Essa disposição irregular do resíduo do caroço do açaí em lugares públicos contribui para um cenário problemático em Belém. A partir disso, a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei nº 12.305/10) institui que devem ser desenvolvidos sistemas de gestão ambiental e empresarial voltados para a melhoria dos processos produtivos e do reaproveitamento dos resíduos sólidos. Dessa forma, o trabalho teve como objetivo mapear os descartes inadequados do resíduo do caroço do açaí no bairro do Jurunas em Belém-PA, Através de pesquisas bibliográficas de artigos acadêmicos e visitas in loco nas áreas de despejo e elaboração de um questionário preestabelecido para os gerentes dos estabelecimentos, verificando a quantidade produzida, a destinação e os impactos oriundos do beneficiamento do açaí dos empreendimentos. Esses estabelecimentos apresentaram média de 9,1 horas por dia de funcionamento produzindo uma média diária de 130 kg de caroço de açaí. Entre os dez comércios analisados, cinco foram verificados em desacordo com a Lei nº 12.305/10. Foi observado que o bairro do Jurunas não possui um projeto específico que trabalhe a coleta, transporte e destinação final elaborado pela prefeitura e deparamos também com a falta de responsabilidade dos estabelecimentos, que de forma arcaica, faz o beneficiamento do fruto sem a responsabilidade social e ambiental.

Biografia do Autor

Andrei Gonçalves Negrão, Faculdade FaciWyden

Andrei Gonçalves Negrão1 (andrey.ng14@gmail.com), Rosa Caroline Azevedo2 (carolinemaiaazevedo@gmail.com), Arthur Gutemberg Andion Farias Moura3 (arthurandio@gmail.com), Camille Vasconcelos Silva4 (camillevs15@gmail.com)

1 Faculdade FaciWyden

2 Faculdade FaciWyden

3 Faculdade FaciWyden

4 Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA)