ANÁLISE MACROSCÓPICA DAS NASCENTES DO ALTO CURSO DO CÓRREGO TRÊS MARCOS, EM UBERLÂNDIA-MG: SUBSÍDIOS PARA GESTÃO AMBIENTAL

  • Hérica Leonel de Paula Ramos Oliveira Universidade de Uberaba - Uniube

Resumo

Diante da importância das águas oriundas da cabeceira do córrego Três Marcos para produção alimentar, este trabalho tem como objetivo principal analisar a qualidade ambiental de nascentes do alto curso do córrego Três Marcos em Uberlândia-MG, utilizando o Índice de Impacto Ambiental de Nascentes (IIAN) proposto por Gomes et al. (2005). Nesta metodologia são realizadas visitas nos locais para observação do estado das nascentes e avaliação de diversos parâmetros macroscópicos. Foram avaliados 3 pontos de nascentes e a espacialização destas foi feita em campo e demostradas por imagem. Em campo foram também identificados o tipo de exfiltração das nascentes, levantados os dados para a caracterização da degradação no entorno das nascentes, por meio de análise descritiva de cunho qualitativo conforme Freitas e Jabbour (2011) e também a verificação da qualidade do entorno das nascentes. Essa última análise também foi feita relacionando análises de pesquisas realizadas em estudos anteriores da mesma autora do presente estudo. Ao final das análises as mesmas demonstraram diferentes classes de qualidade em cada ponto: uma ‘ruim’ (Classe D), uma “boa” (Classe B) e a outra, “razoável” (Classe C). Os parâmetros avaliados demonstraram que a maioria das nascentes se encontra degradada, principalmente por erosões instaladas na área e no entorno, por resíduos sólidos nas nascentes e no entorno, pela utilização por animais e humanos, pela proximidade de residências e por não terem proteção adequada. Propostas para melhoria da qualidade ambiental da área foram elencadas neste estudo.

Biografia do Autor

Hérica Leonel de Paula Ramos Oliveira, Universidade de Uberaba - Uniube

Hérica Leonel de Paula Ramos Oliveira1 (hericadepaula@yahoo.com.br)

1 Universidade de Uberaba - Uniube