EFICIÊNCIA MECÂNICA E TÉRMICA DE ENVOLTÓRIOS ESTRUTURAIS EMCOMPÓSITO LEVE PARA PRÉ-FABRICAÇÃO DE CASA POPULAR

  • Prof. Antonio Cláudio Ximenes Centro Universitário de João Pessoa - UNIPE

Resumo

Para contribuir com o melhoramento dos sistemas construtivos de casas populares em regiões tropicais, propomos um sistema de construção pré-fabricado em concreto leve, objetivando racionalizar a sua execução em série através de um compósito alternativo ao concreto tradicional, substituindo o agregado graúdo por Argila Expandida e parte do agregado miúdo por Vermiculita com adição de metacaulim. Testando variações destes componentes em três composições de traços, para obter resistências mecânicas e térmicas compatíveis com o sistema construtivo tradicional de alvenaria de blocos cerâmicos ou de concreto, foram executados inicialmente testes em corpos de provas cilíndricos para escolha do traço mais eficiente para ensaios em paredes protótipos. Os ensaios de resistência mecânica foram realizados de acordo com a NBR 5738 e NBR 5739 comparando valores de massa e suporte de carga axial até o rompimento por compressão. Os ensaios de resistência térmica ao aquecimento e ao resfriamento foram realizados pelo método do Condutivímetro K30 e Câmara Térmica (LABEME - UFPB), onde foram simuladas variações de temperaturas para a cidade de João Pessoa PB. Os resultados foram compatíveis aos parâmetros estabelecidos pela NBR 15220-3, 2005, indicando a viabilidade do compósito para moldagem de placas parede para o sistema pré-fabricado proposto.

Biografia do Autor

Prof. Antonio Cláudio Ximenes, Centro Universitário de João Pessoa - UNIPE

Prof. Antonio Cláudio Ximenes Massa¹ (antonio.massa@unipe.edu.br), Profª. Drª. Pollyana Caetano Ribeiro Fernandes² (pollyana@cear.ufpb.br), Prof. Dr. Marçal Rosas Florentino Lima Filho² (marcal@cear.ufpb.br)

1 Centro Universitário de João Pessoa - UNIPE

2 Universidade Federal da Paraíba - UFPB