INDICADORES DA GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS EM ESCOLAS MUNICIPAIS NA REGIÃO DA ZONA SUL DE JOÃO PESSOA/PB

  • Natália Costa de Albuquerque Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente - UFPB

Resumo

No Brasil, a Lei Federal nº 12.305 de 2010 que trata da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), traz um grande progresso para a área de gestão de resíduos sólidos. As adversidades encontradas na busca de soluções sustentáveis revela a necessidade do desenvolvimento de novas estratégias na área para acompanhamento, como os indicadores e a educação ambiental, que fornecem subsídios à formulação de estratégias e ações. Este trabalho tem como objetivo analisar a gestão de resíduos sólidos em três escolas municipais da região da zona sul de João Pessoa/PB na busca de identificar suas fragilidades. Como metodologia de pesquisa foi aplicada um instrumento de observação sistemática, o checklist, que foi adaptado a partir do Índice de Qualidade de Aterro – IQR – publicado anualmente pela CETESB. Foram feitas duas analises distintas gerando os indicadores: ações sustentáveis e percepção social. Em relação às ações sustentáveis e percepção social, duas escolas mostraram-se regulares (escola P e G) e a terceira escola como boa (M). É importante ressaltar que a gestão de resíduos sólidos nas escolas não é, em sua totalidade, ineficiente, sendo necessárias ainda ações de Educação Ambiental (EA) para a conscientização da importância de todas as etapas de manejo dos resíduos dentro e fora da escola. Espera-se aprimorar os instrumentos de estudo criados nesta pesquisa para que possam ser utilizado como indicadores de gestão de resíduos em todos os tipos de instituição de ensino.

Biografia do Autor

Natália Costa de Albuquerque, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente - UFPB

Natália Costa de Albuquerque¹ (ncalbuq@gmail.com), Elaine Cristina Henrique do Nascimento²

(elainehenrique09@gmail.com), Elisângela Maria R. Rocha³ (elis_eng@yahoo.com.br)

 

1 Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente - UFPB

2 Programa de Pós Graduação em Engenharia Mecânica – UFPB

3 Prof. Dra. Universidade Federal da Paraíba