AVALIAÇÃO LABORATORIAL DE FILTROS MANGAS UTILIZADOS PARA FILTRAÇÃO DE PIGMENTOS

  • Roberta Grazziotin Rocha Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS
  • Luciano Peske Ceron PUCRS

Resumo

Este trabalho teve como objetivo a avaliação da eficiência de elementos filtrantes em indústria de tintas, na captura de pigmentos na forma de particulados em filtros de mangas. A filtração de gases em filtros adequados é considerada um dos mais promissores recursos no desenvolvimento da tecnologia de coleta de particulados nos últimos anos, visto que a limpeza é de grande importância não só por motivos ambientais como também econômicos. Foram investigados quatros filtros de mangas de poliéster da indústria de tintas através de análises laboratoriais, caracterizando o tipo de particulado, condições mecânicas e permeabilidade das mangas filtrantes. Em função dos resultados, foram propostas novas especificações para melhorar a eficiência de retenção e elevar o tempo de uso dos elementos filtrantes.

Palavras-chave: Filtros de mangas; Filtração; Pigmentos de tinta; Poliéster.

Biografia do Autor

Luciano Peske Ceron, PUCRS
Possui graduação em Engenharia Química pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2003), mestrado em Engenharia e Tecnologia de Materiais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2008) e doutorado em Engenharia e Tecnologia de Materiais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2012). É professor adjunto na PUCRS - ESCOLA POLITÉCNICA, curso de Engenharia Química e pertence ao Núcleo de Estudos em Processos Ambientais (NEPA): Análise e avaliação de impactos ambientais, Aproveitamento de resíduos sólidos, Reciclagem de resíduos, Tecnologias mais limpas, Tratamento de resíduos e Sistema de gerenciamento ambiental. Atualmente é engenheiro químico no GRUPO EQUADOR (empresas RENNER TÊXTIL, MCFIL e INBRAPE) e pela DOCTOR CERON, sendo colaborador do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Tem experiência nas áreas de Engenharia Química e de Materiais, com ênfase em não tecidos e suas aplicações, atuando principalmente nos seguintes temas: água, filtração, não tecidos e elementos filtrantes, filtração de particulados e equipamentos industriais para controle da poluição.
Publicado
2018-06-27