ANÁLISE DOS PROCESSOS DE CENTRIFUGAÇÃO E FILTRAÇÃO APLICADOS NO TRATAMENTO DE RESÍDUO CATALÍTICO

  • Cristiane de Souza Battisti Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
  • Luciano Peske Ceron PUCRS

Resumo

Este estudo avaliou a eficiência de separação sólido-líquido, dos processos de centrifugação e filtração, em diferentes condições, aplicados a um resíduo gerado no Polo Petroquímico de Triunfo/RS, denominado Lama de Catalisador. A eficiência dos processos foi avaliada segundo a sua capacidade de separação dos sólidos presentes no resíduo. Como opção individual de tratamento, o resíduo foi centrifugado durante 10 minutos, com rotação de 4200rpm, apresentando 49% de remoção de sólidos. Como opção de pré-tratamento, o resíduo foi centrifugado durante 5 minutos, a 2800rpm, apresentando remoção de 23% de sólidos. A suspensão resultante do pré-tratamento foi filtrada com diferentes mantas sintéticas não tecidas, e em duas condições de pressão distintas, 210mmHg e 610mmHg. Em todos os testes de filtração não houve redução de sólidos. A remoção de sólidos obtida pelo processo individual de centrifugação foi expressiva e fundamenta a realização de testes em escala industrial.

Palavras-chave: Resíduo catalítico; Centrifugação; Filtração.

Biografia do Autor

Luciano Peske Ceron, PUCRS
Possui graduação em Engenharia Química pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2003), mestrado em Engenharia e Tecnologia de Materiais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2008) e doutorado em Engenharia e Tecnologia de Materiais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2012). É professor adjunto na PUCRS - ESCOLA POLITÉCNICA, curso de Engenharia Química e pertence ao Núcleo de Estudos em Processos Ambientais (NEPA): Análise e avaliação de impactos ambientais, Aproveitamento de resíduos sólidos, Reciclagem de resíduos, Tecnologias mais limpas, Tratamento de resíduos e Sistema de gerenciamento ambiental. Atualmente é engenheiro químico no GRUPO EQUADOR (empresas RENNER TÊXTIL, MCFIL e INBRAPE) e pela DOCTOR CERON, sendo colaborador do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Tem experiência nas áreas de Engenharia Química e de Materiais, com ênfase em não tecidos e suas aplicações, atuando principalmente nos seguintes temas: água, filtração, não tecidos e elementos filtrantes, filtração de particulados e equipamentos industriais para controle da poluição.
Publicado
2018-06-27