ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICA, ECONÔMICA E AMBIENTAL DA RECICLAGEM DE RCD’S ORIGINADOS NAS ATIVIDADES DE MANUTENÇÃO DA UFRGS

  • Ruane Fernandes de Magalhães Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS
  • Juliane Borba Minotto Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS

Resumo

A geração de resíduos é um dos principais impactos ambientais relacionados às atividades da construção civil, ao longo de todo o ciclo de vida de seus produtos. Nesse sentido, os RCDs, devido às incertezas associadas à sua geração, possuem gerenciamento ainda mais complexo do que aqueles originados em obras de novos projetos. Considerando as dificuldades de minimização desses resíduos na fonte e a sobrecarga ambiental dos aterros de inertes, sua reciclagem se apresenta como importante estratégia de gestão ambiental. Assim, este estudo objetivou a realização de análise de viabilidade técnica, econômica e ambiental da implementação de operações de reciclagem, na forma de agregados, dos RCDs classe A gerados pela UFRGS, em suas atividades de manutenção. Para tanto, foram realizados: construção de panorama da geração de RCD e dos contratos para seu gerenciamento; levantamento das necessidades de mudanças em processos e em infraestrutura para reciclagem; e análise de viabilidade técnica, econômica e ambiental do projeto. Como principais resultados, foi verificado que a reciclagem realizada pela Universidade não apresenta viabilidade econômica, com base na geração de RCDs do período analisado. Do ponto de vista técnico, foi identificada uma importante barreira de qualidade dos agregados gerados, relacionada à mão de obra de segregação dos resíduos; ao passo que a viabilidade ambiental possui um alto risco associado à fase de licenciamento da usina de reciclagem. Apesar dos achados serem contrários às operações de reciclagem, como contribuição complementar, o estudo propõe outras formas de viabilizar esses serviços, ampliando-se o ciclo de vida dos materiais.

Palavras-chave: Resíduos de Construção e Demolição (RCD); Gerenciamento de Resíduos de Construção Civil; Reciclagem de Resíduos.

Publicado
2018-06-27