ANÁLISE DA MISTURA DO AGREGADO RECICLADO DE RCD ASSOCIADO AO SOLO LATERÍTICO PARA UTILIZAÇÃO NA CAMADA DE BASE DE PAVIMENTOS

Resumo

Os Resíduos da Construção e Demolição (RCD) são gerados em grandes quantidades e nem sempre o seu descarte é feito de maneira sustentável. Quando esses resíduos são descartados de maneira clandestina, além de prejudicar o meio ambiente e ocasionar uma poluição visual, ele ainda proporciona uma série de doenças para a população. Experiências realizadas no Brasil e no mundo tem demostrado que o agregado reciclado de RCD é uma alternativa interessante para utilização nas camadas de pavimentos. Neste contexto, a presente pesquisa propõe uma solução para a destinação correta do RCD, que é a sua utilização na camada de base de pavimento, a partir da mistura do agregado reciclado de RCD com o solo convencional. Neste sentido, foram realizados ensaios laboratoriais, afim de se obter o desempenho e as principais propriedades dessa associação. Os experimentos foram realizados em três proporções da mistura Solo – RCD, e para comparação, foram realizados os ensaios em uma amostra com 100% do solo laterítico. As proporções de RCD foram de 20%, 30% e 40%. Foram escolhidas essas proporções porque a maioria das pesquisas analisadas utilizavam volumes muito alto de RCD, e os resultados não eram satisfatórios frente aos desejáveis para essa pesquisa. Os resultados obtidos mostraram que a mistura Solo-RCD é de uso promissor na pavimentação, pois mesmo reduzindo a resistência do solo, suas propriedades físicas e mecânicas ainda ficaram aceitáveis, de acordo com as normas impostas.

Palavras-chave: Resíduo; Reciclagem; Pavimentação.

Biografia do Autor

Caio César Luz Araújo, Centro Universitário de Saúde, Ciências Humanas e Tecnológicas do Piauí – UNINOVAFAPI
Engenheiro Civil formado pelo Centro Universitário UNINOVAFAPI (2017). Trabalha nas áreas de projetos e fiscalização de Obras.
Natassia da Silva Sales, Centro Universitário Uninovafapi
Engenheira Civil, Engenheira de Segurança do Trabalho, Especialista em Infraestrutura de Transportes e Rodovias e mestranda em Engenharia de Materiais no IFPI. Trabalha atualmente como Engenheira Civil na Fundação Municipal de Saúde e Professora do curso de Engenharia Civil no Centro Universitário UNINOVAFAPI e Faculdade CEUPI.
Publicado
2018-06-27