NÍVEL DE SUSTENTABILIDADE DA GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS NO MUNICÍPIO DE NOVA VENEZA - SC

  • Maria Victoria Prestes Luchese Universidade do Extremo Sul Catarinense
  • Mário Ricardo Guadagnin Universidade do Extremo Sul Catarinense - UNESC

Resumo

O artigo apresenta um estudo de caso realizado para avaliar o nível de sustentabilidade da gestão de resíduos sólidos urbanos no município de Nova Veneza, SC. O método de avaliação foi baseado na revisão bibliográfica acadêmica sobre indicadores de sustentabilidade e na coleta de dados em órgãos públicos. Os indicadores de sustentabilidade preestabelecidos pelos estudos realizados por Santiago e Dias (2012), Polaz e Teixeira (2009) e Fechine e Moraes (2014) foram revisados e adequados à realidade da gestão dos municípios da região sul de Santa Catarina. A Matriz de Indicadores utilizada é composta por 5 dimensões de sustentabilidade (política/institucional, operacional, econômica, ambiental/ecológica e social/cultural) 44 indicadores e 132 descritores. O intervalo de sustentabilidade obtido após o cálculo das pontuações alcançadas em cada indicador estabeleceu um nível baixo de sustentabilidade da gestão de RSU no município, sendo o principal fator a não implantação da coleta seletiva. Os resultados obtidos nesse estudo ressaltam a importância da avaliação e monitoramento dos serviços prestados, que podem contribuir no planejamento e gerenciamento municipal.

Palavras-chave: Gerenciamento; Indicadores de sustentabilidade; Gestão ambiental.

Publicado
2018-06-27