AVALIAÇÃO DE CICLO DE VIDA (ACV) APLICADA À GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS (RSU) EM ATERROS: UMA REVISÃO

  • Léa Beatriz Dai-Prá Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos
  • Luciana Paulo Gomes Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos
  • Vinícius Martins Marques Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos
  • Carlos Alberto Mendes Moraes Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos

Resumo

A ferramenta de ACV é muito utilizada para diagnosticar sistemas e processos, neste trabalho o aterro sanitário foi considerado um deles. A gestão de RSU inclui a disposição final dos rejeitos e, quanto menor esta parcela disposta em aterros, maiores serão os ganhos ambientais e, consequentemente, a redução de impactos. Processos como reciclagem e compostagem mostram contribuir para a minimização dos impactos causados por aterros, devido à redução da quantidade de rejeitos destinada a este fim. Deste modo, este trabalho buscou analisar o uso da ferramenta de ACV como técnica para a gestão de RSU em aterros, avaliando teoricamente um estudo de caso realizado através de softwares de avaliação de ciclo de vida, que mostrou as vantagens e desvantagens de quatro cenários, sendo um deles real. O estudo mostrou melhorias significativas dos indicadores de impacto ambiental, quando incluídos os processos de triagem, reciclagem e compostagem de materiais anteriormente ao processo de aterramento de resíduos, corroborando para o aumento de vida útil da área do aterro e redução de emissões.

Palavras-chave: ACV; Aterros sanitários; Gestão de RSU.

Biografia do Autor

Léa Beatriz Dai-Prá, Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos
Possui graduação em Engenharia Ambiental pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS (2016). Tem experiência em Projetos Ambientais, atuando principalmente na área de Licenciamento Ambiental. Possui experiência na área de Energia Solar Fotovoltaica, com enfoque na análise de aspectos e impactos ambientais da fabricação dos componentes de módulos FV, e na análise das diferentes tecnologias de módulos FV. Atuou na área de Gestão Ambiental Industrial, com destaque para o Gerenciamento de Resíduos Sólidos Industrias e Tratamento de Efluentes na empresa Tramontina Multi S.A. Atualmente é Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, da Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS, bolsa CAPES-PROSUC, desenvolvendo projeto intitulado Desenvolvimento e aplicação de um modelo de predição de recalques diferenciais em aterros sanitários, durante a sua vida útil.
Luciana Paulo Gomes, Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos

Luciana Paulo Gomes é doutora em Engenharia Civil/Hidráulica e Saneamento pela Escola de Engenharia de São Carlos/Universidade de São Paulo. É professora titular da Universidade do Vale do Rio dos Sinos onde é Coordenadora do Programa de Pós Graduação em Engenharia Civil e Coordenadora do Sistema de Gestão Ambiental e de Qualidade dos Laboratórios Tecnológicos. Na graduação ministra aulas nos cursos de Engenharia Civil, Gestão Ambiental e Engenharia Ambiental. Como pesquisadora atua na área de Engenharia Sanitária, com ênfase em Resíduos Sólidos, Domésticos e Industriais. A temática principal de seus estudos é em Gerenciamento e tratamento de resíduos sólidos urbanos e Gestão Ambiental, Líder do grupo de pesquisa do CNPq "Saneamento Ambiental-Unisinos". Bolsista de Produtividade do CNPq.

Vinícius Martins Marques, Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos
Bacharel em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) (2009). Mestre em Engenharia Civil pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS) (2014). Tem experiência na área de Engenharia Civil, com ênfase em projetos, especificamente, rodoviários e de saneamento básico.
Carlos Alberto Mendes Moraes, Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Unisinos
Possui graduação em Engenharia Metalúrgica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1988), mestrado em Engenharia Metalúrgica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1991) e doutorado em Postgraduate Course on Materials Science - University of Manchester and Institute of Science and Technology ? UMIST (1997). Decano da Escola Politécnica - UNISINOS no período de 2012 a 2017, e professor Titular I, e na graduação em Engenharia Ambiental foi coordenador nos anos de 2010 a 2016; e nos cursos de Mestrado Em Engenharia Civil com área de Concentração em Gerenciamento de Resíduos, e Engenharia Mecânica com área de concentração em Energia. Foi editor da Revista eletrônica Estudos Tecnológicos em Engenharia (QUALIS B4/B5) de 2005 a 2011, e é revisor das revistas Journal of Hazardous Materials, Tecnologia em Materiais (ABM) e Matéria. Sócio da Associação Brasileira de Metalurgia e Materiais. Tem experiência na área de Engenharia de Materiais e Metalúrgica, com ênfase em Gestão Ambiental e Reciclagem de Resíduos, atuando principalmente nos seguintes temas: caracterização de materiais (micro e nano escala), produção mais limpa na indústria metal-mecânica, reciclagem de resíduos sólidos industriais com ênfase na engenharia civil, ambiental e materiais, e desenvolvimento de coprodutos com o conceito de materiais sustentáveis. Formou 33 mestres e 2 doutoras. Possui 14 patentes depositadas no INPI, e 295 artigos publicados em periódicos e eventos científicos.
Publicado
2018-06-27