ESTUDO DOS MÉTODOS DE EXTRAÇÃO E DESIDRATAÇÃO DA SERICINA CONTIDA NOS EFLUENTES DAS INDÚSTRIAS DE SEDA

  • Ana Paula Sone Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste
  • Camilo Freddy Mendoza Morejon UNIOESTE http://orcid.org/0000-0002-4071-0504
  • Marcelino Luiz Gimenes

Resumo

O processo de industrialização do fio de seda tem como elementos de entrada o casulo do bicho-da-seda, como matéria-prima, e a água como insumo principal. Neste processo, destaca-se o grande volume de efluente líquido, o qual contém elevado teor de sericina. Visando aproveitamento não convencional desse efluente, neste trabalho objetivou-se avaliar diversos métodos extração e desidratação da sericina contida nos efluentes das indústrias de seda. A metodologia contemplou cinco métodos de extração (em autoclave, por congelamento/descongelamento, separação com metanol, etanol e isopropanol) e dois métodos de desidratação por meio do uso de liofilizador e “spray dryer”. Os resultados demonstram que o uso de maior proporção de álcool/sericina (3:1) aumenta a separação/insolubilização de sericina, e todos os álcoois apresentaram estatisticamente iguais quanto ao efeito no rendimento de separação de sericina. O método de congelamento e descongelamento se mostrou também com rendimento compatível e estatisticamente igual aos dos álcoois.  Em virtude de não se utilizar solvente este método possui grande vantagem em relação aos demais. A secagem por “spray dryer” e liofilização produziu partículas que apresentam propriedades diferentes: quanto à estrutura folha beta, aleatória e beta turn. Partículas de sericina obtidas pelo uso do “spray dryer” são mais luminosas e bem mais solúveis que as obtidas com liofilização. Dessa forma, contribui-se com informações que devem subsidiar na escolha dos métodos de extração e desidratação da sericina contida nos efluentes das indústrias de seda.

Palavras-chave: Sericina, Proteína, Recuperação.

Biografia do Autor

Camilo Freddy Mendoza Morejon, UNIOESTE

Prof. Dr. Camilo Freddy Mendoza Morejon

Docente da Graduação, Mestrado e Doutorado em Eng. Química PEQ-UNIOESTE

Docente do Mestrado em Ciências Ambientais PCA-UNIOESTE

Docente do Mestrado de Inovação em Rede Nacional PROFNIT

Pesquisador Produtividade CNPq-DT

http://lattes.cnpq.br/4287227848714653

 

Publicado
2018-06-27