ESTUDO E CARACTERIZAÇÃO DA SERICINA EM PÓ RESULTANTE DO APROVEITAMENTO DE RESÍDUOS INDUSTRIAIS DESIDRATADA EM “SPRAY DRYER”

  • Ana Paula Sone Universidade Estadual do Oeste do Paraná-Unioeste
  • Camilo Freddy Mendoza Morejon UNIOESTE http://orcid.org/0000-0002-4071-0504
  • Marcelino Luiz Gimenes Universidade Estadual de Maringá - UEM

Resumo

Nas indústrias de seda destaca-se a grande quantidade de efluente líquido com elevado teor de sericina e o aproveitamento desse material requer, além dos processos de extração a desidratação e a caracterização dos mesmos. Nesse contexto, o objetivo do trabalho foi estudo e caracterização da sericina em pó resultante do aproveitamento de resíduos industriais desidratada em spray dryer. A metodologia contemplou as análises do espectro de dicroísmo circular da sericina desidratada em “spray dryer”, caracterização colorimétrica, solubilidade, espectroscopia de absorção no infravermelho com transformada de Fourier, difração de raios-x e a microscopia eletrônica de varredura correspondente a cinco métodos de extração de sericina. Os resultados apontam com que a secagem por “spray dryer” produziu partículas de sericina que não apresentam diferença na estrutura secundaria, sendo amorfas (pico bem definido e estreito em 19,9° e um ombro em 23,1°), esféricas e não ocorre mudanças estruturais na proteína (grupos funcionais). Desta forma explicita-se as diferenças estruturais e morfologias que a proteína pode apresentar para o caso da desidratação em “spray dryer”.

Palavras-chave: Sericina, Secagem, Aproveitamento de resíduos.

Biografia do Autor

Camilo Freddy Mendoza Morejon, UNIOESTE

Prof. Dr. Camilo Freddy Mendoza Morejon

Docente da Graduação, Mestrado e Doutorado em Eng. Química PEQ-UNIOESTE

Docente do Mestrado em Ciências Ambientais PCA-UNIOESTE

Docente do Mestrado de Inovação em Rede Nacional PROFNIT

Pesquisador Produtividade CNPq-DT

http://lattes.cnpq.br/4287227848714653

 

Publicado
2018-06-27