CARACTERIZAÇÃO DA SERICINA EM PÓ DESIDRATADA EM LIOFILIZADOR

  • Ana Paula Sone Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste
  • Camilo Freddy Mendoza Morejon UNIOESTE http://orcid.org/0000-0002-4071-0504
  • Marcelino Luiz Gimenes Universidade Estadual de Maringá - UEM

Resumo

A sericina, contida nos efluentes líquidos das indústrias de seda, se constitui numa importante fonte de oportunidades de aproveitamento. Para tanto, estudos relacionados com os processos de desidratação são necessários para explicitar o valor comercial e industrial desse material. Nesse contexto, o presente trabalho objetiva o estudo da desidratação da sericina em pó por meio do processo de liofilização e sua respectiva caracterização. Foi utilizando efluentes líquidos provenientes das indústrias de seda e a caracterização da sericina em pó, resultante do processo de liofilização, que comtemplaram as seguintes análises de: dicroísmo circular, colorimetria, solubilidade, espectroscopia de absorção no infravermelho com transformada de Fourier, difração de raios-X e a Microscopia Eletrônica de Varredura. A caracterização do produto teve relação com cinco métodos de extração de sericina. Os resultados apontam que a secagem por liofilizador produziu partículas que não apresentam diferença na estrutura secundaria, são luminosas (L* = 85,05) e solúveis (21,7%). No geral, as partículas de sericina obtidas são amorfas não ocorrendo mudanças estruturais na proteína (grupos funcionais). Mudanças morfológicas visualizadas na microscopia eletrônica de varredura mostram partículas de sericina produzidas por liofilizador com superfície lisa e homogênea, por meio do qual deve-se propiciar o aproveitamento não convencional do efluente proveniente da indústria de seda.

Palavras-chave: Sericina, Liofilização, Indústria da seda.

Biografia do Autor

Camilo Freddy Mendoza Morejon, UNIOESTE

Prof. Dr. Camilo Freddy Mendoza Morejon

Docente da Graduação, Mestrado e Doutorado em Eng. Química PEQ-UNIOESTE

Docente do Mestrado em Ciências Ambientais PCA-UNIOESTE

Docente do Mestrado de Inovação em Rede Nacional PROFNIT

Pesquisador Produtividade CNPq-DT

http://lattes.cnpq.br/4287227848714653

 

Publicado
2018-06-27