CONCEITOS DE P+L E EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO CENÁRIO DE UMA UNIDADE DE ALIMENTAÇÃO E NUTRIÇÃO – ESTUDO DE CASO

Resumo

A Unidade de Alimentação e Nutrição (UAN) é uma operação com objetivo de nutrir coletividades. Este segmento alimenta, no Brasil, mais de 9,0 milhões de pessoas/dia, consumindo mais de 3 mil toneladas de alimento/dia e gerando resíduos decorrentes deste processo produtivo. Minimizar resíduos na fonte é uma das ações propostas pela produção mais limpa (P+L) na gestão de tecnologias voltadas para o desenvolvimento sustentável das organizações. Este trabalho foi desenvolvido em uma UAN com atendimento de 300 refeições/dia, em Porto Alegre - RS, com o objetivo de aplicar conceitos de P+L em uma UAN, correlacionado aos aspectos de educação ambiental, visando minimizar a geração de resíduos na fonte. Os dados foram organizados, categorizados e analisados à luz dos conceitos de P+L. O tratamento e análise dos resultados, no qual, dados foram coletados durante 6 meses, gerando oportunidades de correção e sugestões de melhoria contínua. Deve-se iniciar, a partir do Nutricionista, a sensibilização no uso de recursos naturais, assim como a análise crítica do processo produtivo, a fim de minimizar a geração de resíduos. A atividade produtiva alimentícia em restaurantes, cozinhas, possui grande potencial para aplicação das práticas de P+L. Os resultados obtidos foram de controle e fiscalização do processo minimizando resíduos, modificação de conduta operacional e adoção de novas práticas produtivas, através de mudanças de comportamento em relação as questões ambientais.

Palavras-chave: Produção mais limpa, unidade de alimentação e nutrição, minimização de resíduos.

Biografia do Autor

Ana Paula Bandeira de Oliveira, UNISINOS

Graduada em Nutrição pela UNISINOS e em Tecnologia em Processos Gerenciais pela Universidade Castelo RJ;

Especialista em Dinâmica dos Grupos pela SBDG;

Mestre em Avaliação de Impactos Ambientais pela Universidade La Salle;

Doutoranda em Engenharia Civil - Otimização de processos para a minimização de resíduos pela UNISINOS

Publicado
2018-06-27