DESENVOLVIMENTO DE NOVOS PAINÉIS A PARTIR DE RESÍDUOS DE MDF PARA MOBILIÁRIO

  • Helton de Jesus Costa Leite Bezerra Universidade Ceuma
  • Maria Luiza Freitas Diniz Luna Universidade Ceuma
  • Aldenora Vieira Santos Neta Universidade Ceuma
  • Ananda Costa Santos Universidade Ceuma

Resumo

Este artigo busca desenvolver novos painéis para mobiliário a partir do reaproveitamento de resíduos de placa de MDF (medium density fiberboard) oriundos de movelarias da Ilha do Upaon Açu | Maranhão | Brasil. O estudo utiliza o método racional de Sequência de Fibonacci, baseado em realizações práticas e fazendo uma linha do tempo traçando uma cronologia adequada para elucidar questões ligadas ao uso da Modulação, Coordenação Modular e da Série de Fibonacci, destaca-se seus usos e aplicações no que concerne à produção, modernização de técnicas construtivas e inovação nos campos da Arquitetura, Design e Engenharia. Os resíduos coletados nessas indústrias na forma de placas de MDF foram catalogados e transformados para tamanhos adequados, aplicando uma Série Modular que possui as seguintes dimensões: 5, 10, 15, 25 e 40cm nas suas larguras e/ou comprimentos, essas modulações foram desenvolvidas de acordo com as proporções harmônicas da Sequência de Fibonacci. Após essa etapa foi proposto processos produtivos utilizando a colagem das modulações desenvolvidas para gerarem placas de revestimentos no tamanho de 30x40 cm para composição de projetos de interiores em diversos ambientes. Portanto, o desenvolvimento de painéis partindo do reaproveitamento de MDF pode ser aplicado na indústria moveleira em qualquer região do mundo onde houver produção de artefatos de MDF. Por fim, a pesquisa demonstra que os resíduos descartados hoje por essas indústrias podem ser tratados e virarem matéria-prima para novos processos e produtos para esse mesmo setor industrial agregando retorno financeiro e um melhor equilíbrio para o meio ambiente.

Palavras-chave: Coordenação Modular; Série de Fibonacci; Resíduos de Placa de MDF.

 

Biografia do Autor

Helton de Jesus Costa Leite Bezerra, Universidade Ceuma
Possui graduação em Desenho Industrial pela Universidade Federal do Maranhão (2008) e mestrado em Engenharia de
Materiais pelo Instituto Federal do Maranhão (2012). Atualmente é Professor da Universidade CEUMA nos Cursos de Arquitetura e Urbanismo e Design Bacharelado, leciona as disciplinas de Materiais e Técnicas Construtivas I e II, Materiais e Processos de Produção I e II. Atua como Membro Colaborador no Grupo de Pesquisa Inovação, Produção e Sustentabilidade, coordena o Projeto FIBO que tem como objetivo avaliar o potencial de uso de resíduos sólidos provenientes das indústrias de beneficiamento no Estado do Maranhão (Brasil), de modo a contribuir para a sustentabilidade do Estado nas suas mais diversas vertentes (social, ambiental, econômico, cultural, etc) gerando novos produtos e processos a partir desses resíduos.
Maria Luiza Freitas Diniz Luna, Universidade Ceuma
Graduanda de Arquitetura e Urbanismo
Aldenora Vieira Santos Neta, Universidade Ceuma
Graduanda de Engenharia Civil
Ananda Costa Santos, Universidade Ceuma
Graduanda de Engenharia Civil
Publicado
2018-06-27