Secretaria de Meio Ambiente de Crateús (CE) realiza capacitações com temática ambiental


Participantes

Catadores de materiais recicláveis

Em parceria com o Instituto Brasil Solidário (IBS) e Instituto Venturi, a Secretaria de Meio Ambiente de Crateús (CE) realizou nos dias 4, 5 e 6 de agosto OFICINA DE CAPACITAÇÃO EM GESTÃO DE RESÍDUOS ELETROELETRÔNICOS, no auditório do Colégio Regina Pacis. A capacitação teve por objetivo instruir e treinar os catadores de material reciclável, professores, alunos e técnicos da gestão pública municipal.

 

Oficina de Desmontagem

Com duração de 24h, o curso foi ministrado pela professora e pesquisadora da Fundação Joaquim Nabuco, de Recife, Dra. Lúcia Helena Xavier, que brilhantemente tratou de temas como saúde e segurança na gestão de resíduos eletroeletrônicos, aspectos sociais, econômicos e logísticos da gestão de REEE.

Na parte prática foi realizada pelos participantes, sob a orientação atenda da Profa. Lúcia Xavier, a desmontagem e triagem de peças, partes, componentes e materiais, bem como a organização de unidades de tratamento de REEE, avaliação econômica, ambiental e logística.

O Instituto Venturi e o Instituto Brasil Solidário, juntamente com a Secretaria de Meio Ambiente de Crateús conduzirão, a partir dessa formação de recursos humanos, as possibilidades de ampliação de geração de emprego e renda para os catadores e demais interessados em estabelecer um mercado de triagem e reciclagem de resíduos eletroeletrônicos em Crateús.

 

Educadores

Professores

Aconteceu no dia 04 de agosto, no auditório da Secretaria de Educação, mais uma etapa da Capacitação Técnica em Educação Ambiental para
Educadores, promovida pela Secretaria de Meio Ambiente. O curso que capacita 25 professores da rede municipal, desde o final de 2013, é também fruto de parceria com o Instituto Brasil Solidário e o Instituto Venturi. Foi ministrado pela professora Arlinda Cézar, do Instituto Venturi e acompanhado pelas professoras Téia Monteiro e Márcia Andrade.

DSCN0677

O objetivo maior da capacitação é possibilitar uma compreensão abrangente dos problemas e potencialidades socioambientais e educativos, de sua complexidade estrutural e da dinâmica de suas interrelações, com a finalidade de motivar a incorporação interdisciplinar/transversal da educação ambiental nos currículos escolares.

Entre as atividades desenvolvidas durante as quatro etapas do curso estão o desenvolvimento de atividades teórico-práticas, permitindo a elaboração dos conceitos teóricos e metodológicos em educação ambiental e a construção, discussão e aplicação de matrizes como base para a elaboração de programas, projetos e ações em educação ambiental dentro da escola.

 

Invalid rotator ID specified (content for path erf_77_1408032649/erc_11_1408033011 doesn't exist yet). Unable to display rotator.

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *