SUBSÍDIOS PARA O GERENCIAMENTO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS GERADOS EM INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR

  • Mariane Kempka Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)

Resumo

O gerenciamento dos resíduos sólidos nas universidades apresenta-se como um problema à medida que o aumento da geração de resíduos, sejam eles recicláveis, orgânicos, rejeitos ou perigosos, e sua posterior destinação final, deve atender as exigências da Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei Nº 12.305/2010). As penalidades, quando do não cumprimento da Política, estão baseadas na Lei de Crimes Ambientais (Lei Nº 9.605/1998).

As instituições de ensino superior (IES) são fundamentais ao desenvolvimento científico de uma sociedade, sendo muitas vezes, comparadas a certos núcleos urbanos, refletindo a sociedade que o envolve. Logo, o problema de gestão dos resíduos na localidade onde se encontra a IES, também se projeta no ambiente acadêmico.

Portanto, cabe às universidades buscar o compromisso real da educação sustentável, no seio da comunidade acadêmica, estabelecendo programas ambientais e buscando, por meio da investigação e do desenvolvimento de novas metodologias, soluções para os problemas ligados aos resíduos.

Este trabalho teve por finalidade quantificar e caracterizar os resíduos sólidos produzidos, em um período pré-definido, no campusda UTFPR Guarapuava. A partir da avaliação da amostra identificou-se que 72% dos resíduos são orgânicos e rejeitos, apontando a necessidade de melhorar a coleta seletiva do campus. As medidas tomadas para melhorar a qualidade do resíduos foram a renovação da comunicação visual por meio de adesivos nas lixeiras e cartazes fixados nos corredores. Somaram-se às ações, a realização de palestras, capacitações e discussões; estas últimas caracterizando-se como pontos estratégicos para a sensibilização e educação ambiental dos docentes e técnicos administrativos, estudantes e colaboradores terceirizados.

Biografia do Autor

Mariane Kempka, Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)

Autores:

Mariane Kempka1(marianekempka@utfpr.edu.br),

Joice Cristini Kuritza1(joicekuritza@utfpr.edu.br)

 

1 Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)

Publicado
2019-06-14