O ACORDO SETORIAL DE EMBALAGENS EM GERAL, A LOGÍSTICA REVERSA E A RESPONSABILIDADE COMPARTILHADA EM UMA ANÁLISE CRÍTICA.

  • Nícia Beatriz Monteiro Mafra Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – PUC MG

Resumo

O presente artigo tem por objetivo realizar uma análise crítica sobre como está sendo implementado o sistema de logística reversa de embalagens em geral no Brasil, depois da PNRS, com o Acordo Setorial. A metodologia  utilizada foi a pesquisa a documentos jurídicos que avaliam as questões relativas aos resíduos sólidos, responsabilidade civil pós-consumo, diagnóstico do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento-SNIS (2017), Relatório final (Fase 1) da Coalizão Embalagens enviado ao MMA e referências teóricas de base bibliográfica citadas. Diante da complexidade do tema da logística reversa conclui-se que existe um longo caminho a percorrer em relação aos avanços necessários ao processo de melhoria contínua proposto pelas empresas. Há que ser levado em conta que o negócio das empresas não é especificamente a gestão de resíduos e que as dificuldades até para que compreendam o processo de mudança para uma postura realmente sustentável são muitas. Outra questão é a do relacionamento entre diferentes empresas, com diferentes modos de negócio e de posicionamentos no mercado. A cultura da sustentabilidade se preocupa com o desenvolvimento de novos produtos mais adequados a um novo processamento, como o uso de novas tecnologias para redução de matérias-primas ou de aproveitamento dessas pela reciclagem. Não é de uma hora para a outra que os resultados serão evidenciados, haja visto que a própria política nacional de resíduos sólidos levou 20 anos para ser aprovada.

Biografia do Autor

Nícia Beatriz Monteiro Mafra, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – PUC MG

Nícia Beatriz Monteiro Mafra1 (niciamafra@gmail.com),

Izabel Cristina Bruno Bacellar Zaneti2 (izabel.zaneti@yahoo.com)

  1. Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – PUC MG – Doutoranda Ciências Sociais
  2. Universidade de Brasília – UNB – Professora Adjunto 4
Publicado
2019-06-14