DESENVOLVIMENTO DE PROTÓTIPO DE JOGO DIDÁTICO SOBRE FRUTAS AMAZÔNICAS ELABORADO COM MATERIAL REAPROVEITADO

  • Carolina Soares Marques Universidade Federal de Roraima

Resumo

A crescente geração de resíduos pela população, faz com que a sociedade se mobilize, exigindo soluções e mudanças, principalmente, na região Amazônica brasileira. Objetivou-se elaborar um protótipo de jogo didático que auxilie alunos da educação básica na identificação e reconhecimento de frutos das principais frutas nativas da Amazônia, como instrumento de conscientização e sensibilização ambiental. O estudo foi desenvolvido no período de janeiro a abril de 2019. As espécies frutíferas foram escolhidas devido aos bons valores funcionais e nutricionais, além da ampla aceitabilidade pela população amazônica. Para confecção do jogo da memória foram utilizados materiais reaproveitáveis e de baixo custo, sendo as fichas e a caixa, elaboradas a partir de madeiras descartadas. Os adesivos com as imagens das frutas nativas da Amazônia foram impressos em papel A4 com seus respectivos nomes, posteriormente cortadas e coladas nas superfícies das fichas. O jogo da memória elaborado a partir do reaproveitamento de resíduos foi preparado com êxito. É possível construir jogo didático que auxilie alunos da educação básica na identificação e reconhecimento de frutos das principais fruteiras nativas da Amazônia, como instrumento de conscientização e sensibilização ambiental, seguindo uma abordagem lúdica e criativa, a partir do uso de materiais reaproveitáveis e de baixo custo. Acredita-se que a implantação do jogo da memória de frutas Amazônicas poderá contribuir para o desenvolvimento da Educação Ambiental, gerando benefícios e visando um melhor reconhecimento dessas frutas, promover e incentivar o aumento do consumo de frutas, além de desenvolver reflexões a respeito do meio ambiente.

Biografia do Autor

Carolina Soares Marques, Universidade Federal de Roraima

A crescente geração de resíduos pela população, faz com que a sociedade se mobilize, exigindo soluções e mudanças, principalmente, na região Amazônica brasileira. Objetivou-se elaborar um protótipo de jogo didático que auxilie alunos da educação básica na identificação e reconhecimento de frutos das principais frutas nativas da Amazônia, como instrumento de conscientização e sensibilização ambiental. O estudo foi desenvolvido no período de janeiro a abril de 2019. As espécies frutíferas foram escolhidas devido aos bons valores funcionais e nutricionais, além da ampla aceitabilidade pela população amazônica. Para confecção do jogo da memória foram utilizados materiais reaproveitáveis e de baixo custo, sendo as fichas e a caixa, elaboradas a partir de madeiras descartadas. Os adesivos com as imagens das frutas nativas da Amazônia foram impressos em papel A4 com seus respectivos nomes, posteriormente cortadas e coladas nas superfícies das fichas. O jogo da memória elaborado a partir do reaproveitamento de resíduos foi preparado com êxito. É possível construir jogo didático que auxilie alunos da educação básica na identificação e reconhecimento de frutos das principais fruteiras nativas da Amazônia, como instrumento de conscientização e sensibilização ambiental, seguindo uma abordagem lúdica e criativa, a partir do uso de materiais reaproveitáveis e de baixo custo. Acredita-se que a implantação do jogo da memória de frutas Amazônicas poderá contribuir para o desenvolvimento da Educação Ambiental, gerando benefícios e visando um melhor reconhecimento dessas frutas, promover e incentivar o aumento do consumo de frutas, além de desenvolver reflexões a respeito do meio ambiente.

Publicado
2019-06-14