INFLUÊNCIA DA RECICLAGEM NA VIDA ÚTIL DE UMA CÉLULA DE UM ATERRO SANITÁRIO: ESTUDO DE CASO DE LONDRINA - PR

  • Marisa Morita dos Santos Universidade Estadual de Londrina
  • Eliene Moraes Prefeitura Municipal de Londrina
  • Caio Vitor Lourenço Rodrigues Universidade Estadual de Londrina

Resumo

Segundo a Política Nacional dos Resíduos Sólidos, o único tipo de resíduo que deve ser destinado aos aterros sanitários, é o rejeito. Matéria orgânica e recicláveis devem ter outras destinações, como a compostagem e a reciclagem. O objetivo deste estudo de caso foi estimar a influência da reciclagem na vida útil da quarta vala da Central de Tratamento de Resíduos (CTR) da cidade de Londrina. A metodologia para cálculo utilizada foi adaptada de Obladen, Obladen, e Barros (2009) e os dados utilizados foram fornecidos pela Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização de Londrina (CMTU), responsável pelo gerenciamento de resíduos sólidos urbanos (RSU) do município. Ao todo foram criados 09 cenários para cálculo da vida útil, que se diferenciavam entre si pela eficiência da recuperação de recicláveis e da matéria orgânica, através da compostagem. Além de um cenário de referência, os demais cenários apresentaram melhoria progressiva ou porcentagens fixas de reciclagem, além de um cenário considerando melhorias na compostagem. Pôde-se observar que com mudanças gradativas na recuperação dos recicláveis, a influência na vida útil é menos impactante, com aumento máximo de 2 meses de vida útil na célula, em relação à referência, de 30 meses. Porém, quando atingidos índices elevados de reciclagem, o aumento na vida útil é bastante significativo, aumentando mais de 20% em relação ao cenário de referência. Além da coleta seletiva, verificou-se que iniciativas de compostagem duplicaram a vida útil do cenário de referência, devido à grande parcela de matéria orgânica presente nos RSU.

Palavras-chave: Aterros sanitários; Vida útil; Reciclagem.

Biografia do Autor

Marisa Morita dos Santos, Universidade Estadual de Londrina
Engenheira Civil formada pela Universidade Estadual de Londrina
Publicado
2018-06-27