LAGOAS AERADAS FACULTATIVAS APLICADAS AO TRATAMENTO DE LIXIVIADO DE ATERRO SANITÁRIO

  • Cátia Eliane da Silva Universidade de Caxias do Sul
  • Lademir Luiz Beal Universidade de Caxias do Sul

Resumo

O aterramento de resíduos sólidos tem como consequências a geração de lixiviado e de biogás. O lixiviado gerado é um liquido de coloração marrom escura com elevado potencial de contaminação ao ambiente caso seja despejado sem tratamento adequado. O objetivo deste trabalho é avaliar a eficiência do tratamento deste efluente usando lagoas aeradas facultativas em série. Os resultados dos parâmetros de monitoramento foram utilizados para realizar a avaliação de eficiência. Os dados foram coletados no aterro sanitário de resíduos sólidos urbanos de Caxias do Sul, Aterro Rincão das Flores. Como resultados, foram obtidas eficiências de 79,5% de DBO5, 80,0% de DQO, 71,9% de nitrogênio amoniacal, 94,8% de nitrogênio total Kjeldahl e 80% no parâmetro COT. Apesar da elevada eficiência, o tratamento com lagoas aeradas facultativas mostrou-se ineficaz considerando que os parâmetros não alcançaram os valores exigidos para descarte.

Palavras-chave: Lixiviado de aterro sanitário, lagoas aeradas facultativas

Publicado
2018-06-27