O POTENCIAL DA CADEIA DE RESÍDUOS DE VIDRO DE EMBALAGEM NO DISTRITO FEDERAL

  • Maria Vitoria Duarte Ferrari UNB
  • Cristian Venditozzi
  • Felipe Thiago Morais Aguiar
  • Josiane do Socorro Aguiar de Souza de Oliveira Campos

Resumo

O cenário de geração e descarte de embalagens de vidro apresenta um cenário de desafios e oportunidades. A quantidade de resíduos, sua dispersão, a abundância e o baixo valor das matérias primas e dos resíduos motivou este trabalho. O objetivo desse artigo é apresentar os resultados do mapeamento e a análise da cadeia de resíduos de embalagem de vidro no Distrito Federal. Esse mapeamento serviu de base para a proposta de uma solução tecnológica para agregação de valor ao resíduo, transformando-o em uma matéria prima de fácil absorção para a utilização em empreendimentos locais ou venda para outras regiões. As etapas da metodologia utilizadas foram: identificação dos atores sociais na cadeia de resíduos de embalagens de vidro, suas respectivas responsabilidades e fluxo de materiais, requisitos legais aplicáveis, por meio de entrevistas semiestruturadas, presenciais e telefônicas, incluindo grandes geradores, associações e cooperativas de catadores de materiais recicláveis, empresários, associações de classe, órgãos públicos distritais, prestadores de serviço para coleta seletiva, empresas beneficiadoras e vidreiras. O resultado do estudo permitiu a definição conceitual de um protótipo de um triturador com controle eletrônico para tratamento de resíduo de embalagens de vidro.

Palavras-chave: Gestão de resíduos, tecnologia social, reciclagem de vidro.

Publicado
2018-06-27