POLÍTICA PÚBLICA E EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE OS MARCOS REGULATÓRIOS DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL NO BRASIL E EM CUBA

  • Christian Luiz da Silva Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Resumo

O artigo faz um estudo comparativo entre o marco regulatório brasileiro e o cubano no que diz respeito as diferentes formas conceituais, metodológicas e práticas que sustentam as políticas públicas voltadas para a educação ambiental em ambos os países. A partir de uma busca bibliográfica sobre o tema desenvolvimento sustentável, o ensaio teórico apresenta como a legislação ambiental, representada pela Política Nacional de Educação Ambiental, é um instrumento técnico, dentro do contexto territorial que representa a visão local sobre o tema. O ensaio teórico buscou conhecer até que ponto os elementos, recursos naturais, história, cultura e a estrutura de cada sociedade podem influenciar na elaboração destes instrumentos. Entre os resultados encontrados apresenta-se as diferenças conceituais entre o programa brasileiro e a estratégia cubana, embora existam similaridades nos planos de ação de ambos os países.

Biografia do Autor

Christian Luiz da Silva, Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Christian Luiz da Silva1 (christiansilva@utfpr.edu.br), Camille Bolson1 (camille.bolson@gmail.com),

Aline Maria Biagi1 (aliine.biagi@gmail.com)

1Universidade Tecnológica Federal do Paraná